Psicologia das Cores e suas representações pelo mundo

As cores tem um papel fundamental na nossa vida, elas podem  te levar desde comprar um produto até estimular você a ter fome. Cada cor desempenha um papel diferente e atinge uma emoção diferente.

As reações que temos por conta das cores são as mais diversas e é sobre isso que a psicologia das cores estuda. Vamos entender melhor como as cores funcionam e como podemos utiliza-las para as mais diversas situações.

As 7 Características Aparentes das Cores

  1. Dimensão: dependendo da cor utilizada, você pode ter a sensação de um ambiente mais espaçoso ou um ambiente menor.
  2. Peso: as cores podem tornar, aparentemente, objetos mais pesados ou mais leves.
  3. Iluminação: basicamente absorver uma parte da luz que recebe e acaba refletindo a outra
  4. Temperatura: inconscientemente, podem imprimir a ideia de quente e frio
  5. Simbolismo: representam um simbolismo totalmente subjetivo, para você pode representar uma coisa que varia de acordo com suas vivências.
  6. Emoção: as cores desempenham um papel direto no nosso psiquismo, visto que, a partir delas podemos ativar sentimento e expressões.dia cinzento
  7. Recordação: muito ligado à emoção, a cor pode te remeter a um experiência vivida ou a um momento específico de sua vida.

Cores e Emoções

As cores são classificadas como quentes e frias, suaves e fortes, pesadas e leves, vamos entender agora o que cada uma delas gera em nós e como isso nos afeta.

Vermelho

  • Uma cor estimulante mental, pode aumentar pressão sanguínea e o ritmo respiratório.
  • Está ligada a paixão, entusiasmo, impacto, agressividade, força, energia, erotismo, amor e liderança.
  • Uma cor quente, que cansa rapidamente.
  • Cor oposta: Verde

Amarelo

  • Indicada para situações de calma, reflexão e decisão, pode ter efeito calmante.
  • Utilizada para estimular o conhecimento e prender a atenção, gera otimismo, alegria, felicidade, idealismo e arrogância.
  • Aumenta um pouco a pressão sanguínea e favorece indigestões e gastrites.
  • Cor oposta: Roxo

Azul

  • Representa calma, tranquilidade, clareza, credibilidade, confiança e harmonia.
  • Cor utilizada para gerar reflexão e contemplação.
  • É sedativo e curativo, diminui a pressão arterial.
  • Cor oposta: Laranja

Laranja

  • Cor que aumenta a emotividade, promove sensação de bem estar e alegria.
  • Cor quente, ligada a vitalidade, energia, criatividade, equilíbrio, entusiasmo e diversão.
  • Acelera a produção de suco gástrico dando fome, é anti-séptico.
  • Cor oposta: Azul

Roxo

  •  Muito ligada a espiritualidade, realeza, otimismo e sabedoria.
  •  Cor que produz efeito calmante e dá um ar de mistério.
  •  Cor das pessoas altamente criativas e inovadoras é a cor da arte e da cultura.
  •  Cor oposta: Amarelo

Verde

  • Bem-estar, tranqüilidade, descanso, serenidade, ciúme, inteligência.
  • Tonifica o sistema nervoso, é tranqüilizante.
  • Cor das pessoas confiáveis, melancólicas e introvertidas.
  • Cor oposta: Vermelho

Branco

  • Ligado diretamente à pureza e a paz.
  • Ligado também a ausência de cor.
  • Cor oposta: Preto

Preto

  • Uma cor deprimente quando usada só.
  • Ligada à luto, sofisticação, formalidade, medo, raiva e poder.
  • Tem boa utilização como contraste, para outras cores.
  • Cor Oposta: Branco

Marrom

  • Cor neutra que representa a justiça.
  • Ligada à segurança, solidez, estabilidade, conservadorismo e calma.

Algumas Combinações de Cores

  • AZUL E PRETO: Transmitem confiança, credibilidade e sensação de poder.
  • AZUL E BRANCO: Conferem harmonia de espírito, confiança, ideia de doçura e generosidade.
  • VERMELHO E AZUL: Causam a sensação de força espiritual, requinte e delicadeza,sendo muito empregadas no apelo de vendas.
  • VERMELHO E AMARELO: Criam sensações de insatisfação, contraste acentuado de calor e impetuosidade.
  • AMARELO E VERDE: Produz a sensação de eficácia. Visualmente, porém, não é uma combinação agradável,causando a impressão de que “algo está faltando”.

As Representações das Cores

Agora que você entendeu melhor como as cores podem despertar sentimento e emoções em nós, iremos entender como nós significamos as cores, ou seja, como damos significados a ela.

Existem três tipos de representações que as cores assumem: universal, coletiva e pessoal. O caráter do simbolismo das cores vai além da universalidade e passa pelo conhecimento cosmológico, psicológico e místico.

Ou seja, as interpretações dadas as diferentes cores podem variar de pessoa a pessoa, cultura a cultura. Mas como foi mencionado, podem variar, e é isso que a Representação Universal mostra.

Representação Universal

Na representação universal, a cor assume o mesmo papel/significado nas mais diversas culturas espalhadas pelo mundo, com mínima variação de tom e claridade das cores. Esses significados são mais amplos e englobam experiências que são comuns a todos os indivíduos, não importando onde eles vivem.

Alguns exemplos de representações universais são: o vermelho e o laranja são associados ao fogo; o amarelo, ao sol; o branco, ao ar; o azul, está diretamente ligado a água e ao céu; enquanto o verde, a natureza.

Representação Cultural

A representação cultural das cores reflete o que cada cultura, cada povo, região e religião entende como significado simbólico. Nesse caso, a cor representa as experiências, emoções e anseios ligados a um povo. Esses significados coletivos são construídos com o passar do tempo, de acordo com a cultura, os costumes e hábitos de uma civilização.

Na cultura egípcia, por exemplo, o preto é sinal de renascimento póstumo e de preservação eterna, um significado totalmente ao contrário do que foi internalizado aqui no ocidente, onde o preto significa morte e luto. É nessa diferença de significados que a representação coletiva fica evidente.

Representação Pessoal

Por fim, a representação pessoal desrespeito a suas próprias significações as diversas cores existentes. Isso quer dizer que a partir das suas experiências, suas vivências, suas decepções e suas conquistas você molda o que cada cor representa para você.

Se você vê uma cor azul e recorda diretamente do carinho que recebia de sua mãe quando você era pequeno, com certeza emoções como felicidade, alegria e tranquilidade podem ser ativadas; agora se por acaso sua mãe tiver falecido em um acidente de carro e a cor do carro era azul é possível que aquela cor que te trazia coisas boas, agora te traga emoções ligadas ao luto, como tristeza, depressão e perda.

Então nesse contexto, a representação pessoal nada mais é do que você relacionar as cores com as suas experiências, tornando assim as características e significações únicas e totalmente subjetivas.

Sendo assim, fica mais fácil de entender como cada escolha de cor pode refletir quem somos ou como estamos naquele momento! A partir delas podemos expressar nosso humor, nosso temperamento, nossa imaginação, nosso sentimento, nossas características. Comece a prestar mais atenção nas cores que você usa no dia-a-dia, se possível utilize aquelas que mais trará benefícios para você!

 

Fonte: Mundo da Psicologia

× Atendimento pelo WhatsApp